Marcadores

Da Gabi (160) Dos queridos (54) Amor (46) Por aí (35) Dicas (28) Família (28) Comidas (18) Viagem (16) Chatices (15) Esportes (13) Trabalho (12) Livros (9) Música (9) Crianças (5) Filmes (2) Moda (2) Sampa (2) PequenasFelicidades (1)

Instagram

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Sobre banheiros e mulheres

Eu tenho uma enorme simpatia por banheiros que possuem protetor de assento. Me dá uma felicidadezinha quando eu vejo aquele papel dobrado prontinho para ser chacoalhado e ser colocado suavemente na tampa do vaso sanitário. Ok, eles costumam ser meio leves demais, e voam com facilidade, e as vezes acabam caindo dentro do vaso, mas da vida, ainda assim prefiro um milhão de vezes esses queridos papeis impermeáveis a ter que ficar avaliando onde estou, que tipo de banheiro é esse, e em que condição higiênica está o tal local. Eu sempre faço essas análises, mas quando tem o protetor de assento meio que tanto faz tudo isso. Meio que... Rsrsrs. Melhor que isso só se tiver aquele spray com álcool. Sério, é muita alegria protetor de assento e spray de álcool. E pra ser o melhor lugar do mundo tem também fio dental e enxaguante bucal. Pronto, é o céu dos banheiros.

Fico sempre pensando que um local que oferece o protetor de assento só pode ser um lugar mais legal, mais preocupado com as mulheres, que se colocam no lugar do outro, e que é administrado por uma mulher, várias coisas bacanas passam pela minha cabeça, sério! Tenho certeza que outras mulheres também sentem isso... Mas também tenho certeza que tem outras que estão cagando e andando, nessa caso - odeio essa palavra, tipo odeio mesmo - mijando e andando, porque na boa... Não consigo entender como foram educadas pelo amor de deus!

Outro dia fui a um bar no Itaim e ao ir ao banheiro já dei de cara com aquele monte de protetor te assento. Que alegria. Pois é tinha um monte porque aparentemente nenhuma mulher tinha usado nenhum deles. Que raiva. E pra piorar essas mulheres trabalhadoras, bem educadas e independentes, que curtiam o seu happy hour estavam fazendo exatamente o que sempre reclamamos dos homens: elas não levantavam a porra da tampa! E estava tudo mijado. Tipo tudo!

Silêncio...

Silêncio!!!! O que dizer disso???? Não consigo nem falar porque já esgotei o vocabulário zoado permitido para os meus posts. Silêncio pra não falar mais merda.

Outro dia eu fui ao parque do Ibirapuera correr e precisei fazer xixi antes de começar... Ao entrar no banheiro pensei: saco, vou ficar com mais dor nas coxas de ter que ficar aqui nessa isometria de agachamento do que correndo.

Pois é... Deve ser falta de academia, né? A mulherada deve achar uma ótima oportunidade de trabalhar as coxas ali no banheiro do bar, entre uma cerveja e outra. Não é falta de educação, de respeito ao próximo... Não é porquice... É só vontade de ficar sarada! Só pode ser.


Nenhum comentário:

Postar um comentário