Marcadores

Da Gabi (160) Dos queridos (54) Amor (46) Por aí (35) Dicas (28) Família (28) Comidas (18) Viagem (16) Chatices (15) Esportes (13) Trabalho (12) Livros (9) Música (9) Crianças (5) Filmes (2) Moda (2) Sampa (2) PequenasFelicidades (1)

Instagram

domingo, 16 de agosto de 2015

NYC 2015 - as dicas

Mais um a pedidos, e mais um que eu vou adorar escrever porque no fundo eu adoro ficar relembrando as minhas viagens... Eu sou bem organizada com esse tema, então tenho tudo anotadinho, sei exatamente quanto foi gasto em cada lugar, e onde fomos em cada dia. Estruturar as dicas num post me faz ler tudo de novo... Ah, muito bom.

Hotel

Quase todo mundo sabe que hotel em NYC é caro pra dedéu, e dessa vez não foi diferente... Mas o lance é que um amigo nos deu a dica do site Hotwire que é um site em que é possível reservar um hotel "no escuro". Você sabe a localização, sabe quantas estrelas tem, sabe qual a infra, mas não sabe o nome do hotel. O benefício obviamente está no preço. Assim que fecha a compra eles te mandam o nome do hotel. Fizemos isso e dá muita ansiedade. Escolhemos a Times Square porque a área que o hotwire abrangia era menor, nessas a gente pesquisava no Booking.com ao mesmo tempo pra ver se conseguíamos descobrir o hotel antes de fechar... Não conseguimos... Rsrsrs.

O hotel que ficamos é o Mela, que foi bem legal! Um hotel boutique com o quarto era bem espaçoso, o banheiro tinha um tamanho bom, com box de vidro, sem aquelas banheiras... Quando chegamos e falamos da reserva a pessoa que nos atendeu disse que nos daria um quarto maior já que ficaríamos 6 noites. A única coisa que eu achei meio chata desse hotel era o fato de não podermos usar o frigobar. Era daqueles que quando se tira um item da geladeira já passa pelo sensor e faz a cobrança automaticamente. Isso fez com que não conseguíssemos guardar nada lá, nem um iogurte... Coisas da vida....

Localização

Dessa vez ficamos na Times Square, o hotel fica na rua 44 entre a Broadway e a 6a avenida. A parte boa de ficar na Times Square é que tem o metrô do lado com todas as linhas. Vai pra tudo quanto é canto mesmo. Ali pertinho também tem a estação Bryant Park que vai pra outros cantos, ou seja, super bom pra quem quer ir pra NYC e ficar de metrô. Além disso, tem o fato de ser a Times Square e tal. A parte ruim de ficar na Times Square - ok pode me chamar de fresca agora - é que é uma muvuca sem fim. Muita gente mesmo. Artistas de rua de todos os tipos, de mulheres peladas a personagens da Disney querendo tirar foto e ganhar uma 'tip' por isso. Todo mundo quer te oferecer teatros, passeios, restaurantes brasileiros, te entregar todos os papéis de propaganda do universo... Mas se me perguntarem se eu ficaria de novo nesse hotel a resposta é: sim! Se quiser pegar muvuca e ir pra estação Times Square saia pra esquerda, se quiser ir pro lindo Bryant Park saia para a direita.

Lembrando que outro lugar que recomendo foi o Hudson que fica pertinho do Columbus Circle - fica na rua 58, pertinho do Central Park, também tem estação de metrô perto, e é bem menos muvucado.

Transporte

O metrocard para 1 semana custa USD 32 por pessoa. Eu acho que vale muito a pena - se for ficar esse tempo na cidade e for querer usar o metrô é claro. Dá pra andar pela ilha toda, Brooklyn, e acho que até New Jersey... Tem que ver esses detalhes, mas Brooklyn certeza que dá.

Acho que andar de metrô lá é muito legal, sério! Obviamente que a gente se perdeu algumas vezes... (ver post abaixo sobre o metrô). Dessa vez já chegamos atrasados no primeiro jantar porque pegamos o metrô errado. Acho que usamos um aplicativo e ai não deu certo... Mas quem tem 4G tem tudo, nos encontramos rapidinho...

Andar, andar, andar loucamente também é o máximo. Uma das coisas mais legais dessa viagem foi o fato de estar quente. Foi outra viagem. Muito gostoso sair de shorts e tênis e andar pra cima e pra baixo sem luvas, cachecol, gorro e casaco... Andamos muito, e assim descobrimos praças, parques, lojinhas...

Táxi só usamos pra ir pro aeroporto mesmo.... E sem contar que eu sou muito racional, se tenho a possibilidade de andar "de graça" com o metrocard não vou pagar um táxi, a menos que estivesse com mala, sacolas, passando mal ou com o pé doendo.

Restaurantes - adoro essa parte

Café da manhã - eu gosto de coisa saudável. Adoro comer meu mamão com linhaça e chia de manhã, comer um pão integral... Só que bem... Rs rs rs... Também não sou de ferro... E acompanhada pelo Renato que adora waffles, que estudou em escola americana, e que tem lembranças boas com esses cafés da manhã americanos. Ok... Nos jogamos!!!

Vamos lá, os locais são basicamente perto do hotel que ficamos, eu já acordo faminta geralmente. ;-)
Vou colocar os preços porque todo mundo precisa ter uma noção... Apesar de o dólar estar caro, NYC é bem equivalente a SP no geral... Essa viagem seguramos um pouco, geralmente tem um drink nos restaurantes, mas nada de encher a cara dessa vez. Demos uma segurada. Preço pra duas pessoas sempre.

Evergreen Diner (USD 30) - fui de panqueca com café com leite, Renato com waffles. Na real eu não acho tanta graça assim... Mas é bonito de ver, né... E entre waffles e panquecas sou das panquecas... Olha que coisa mais linda com os morangos....

Europa café (USD 9) - nada de demais, uma rede, ou algo assim, mas bem mais em conta... Nesse caso acho que comemos só um bagel e um capuccino... Coisa assim.

EJ's Luncheonette
EJ's Luncheonette (USD 40) - fica no Upper East Side e a dica veio do guia da Didi Wagner, esse lugar é conhecido pelas Flapjackets - que eu não sabia que eram as panquecas. Sendo assim, em mais um café da manhã, as panquecas....

Wafel & Dinges (USD 22) - um quiosque no Bryant Park, um dia lindo de sol, pessoas jogando ping pong, crianças jogando no gramado... Descobrimos esse café da manhã rápido e gostoso e ficamos nele até ir embora. Aliás, eu adorei muito, queria um agora, inclusive. Sim, eu comia isso com Nutella e banana no café da manhã - acredite se quiser Má! Esse preço considera o waffle, e um capuccino por pessoa.

Foto do site Wafel & Dinges

Hamburger



Shake Shack (USD 20) - um clássico. Quando comi da primeira vez não achei nada de demais, mas dessa vez eu estava morta de fome, desesperada, rss... Tinha fila na loja da Times Square, impressionante, mas cada mordida foi uma delícia! Recomendadíssimo!





Minetta Tavern (USD 110) - esse restaurante é super recomendado em guias, tanto no da Didi Wagner, como no do Pedro Andrade e por uma amiga do Re que mora em NY. Pelo que eu li é bem concorrido e tal. Reservamos e fizemos nosso último jantar lá. Nos indicaram o Black Label Burger (selection of prime dry-aged beef cuts with caramelized onions and pomes frites USD 28) e foi o que pedimos, e que está na foto. Eu achei bom, é claro, mas não acho que foi o melhor hambúrguer da minha vida... Nem o melhor jantar de NY... Enfim, é um clássico. No site tem todo o cardápio com os preços.



Genuine Superette (USD 25) - descobrimos essa lanchonete na Little Italy ou China Town, como tudo é muito colado não tenho certeza onde ficava... Enfim... Valeu super a pena. Sem contar que só de pensar que a maioria dos restaurantes da Little Italy nem servem uma boa comida italiana (li isso em dois guias) fomos de burger.

Outros restaurantes

Morandi (USD 70) - Italiano no West Village. Do mesmo dono do Balthazar.
Balthazar (USD 120) - bistrô no Soho. Sempre cheio. Preço com vinho.
Indikitch (USD 32) - estilo Fast Food indiano. Eu adorei muito. Pelo que vi no site tem um perto do Flatiron Building na rua 23 e outro perto do Columbus Circle na 8a avenida.
La Birreria (USD 70) - fica no rooftop do Eataly, e como era verão estava bombando. Foi quase 1h pra conseguir uma mesa.
TAO (USD 70) - fomos no almoço, e a experiência não foi nada de demais, sendo assim não acho que justifica esse preço... Acho que é mais legal ir a noite, tem um clima meio ásia, e muita gente recomenda, então eu acho que deve ser bom. Perto do Central Park / Columbus Circle.
Da Silvano (USD 90) - adoramos! Mesinhas na calçada, vinho geladinho, foi ótimo. Recomendação de uma amiga do Rê que mora lá. Fica no West Village e pelo que estava olhando no google parece que uns famosos aparecem por lá rsrsrs. No dia que fomos tinha uma "sub celebridade", soubemos porque perguntamos ao garçom rsrsrs.
Foto do site Katzs
Junior's cheesecake (USD 10) - eu adoro esse cheesecake, fica na Times Square e na Grand Central.
Juliette (USD 58) - fica em Williamsburg no Brooklyn, é uma gracinha. Recomendação de amigos de NY.
Bar do Whyte Hotel (USD 35) - aqui só tomamos um drink (cada), mas tem que ir porque é desse hotel no Brooklyn que se tem uma SUPER vista de Manhattan.
Katz's Delicatessen (USD 50) - sanduíche de pastrami no Lower East Side. Visita tradicional. Prepare-se porque o sanduba é grande pra caramba!
Comidinhas de rua - não sei se é sempre assim no verão, mas passamos por algumas ruas fechadas com food trucks. Perto da Macy's tinha uma.

Passeios

Grand Central Station - estação central que é linda. Fomos lá de novo só porque gostamos muito da primeira vez, pra ver como achamos que vale a pena ir. ;-)

Frick's Collection - descobrimos esse museu e adoramos, bem rápido. Custa USD 20 por pessoa, tem um dia na semana que é de graça. Acho que esse museu é bacana, mas depois que já viu outros mais famosos... Agora se estiver só afim de ver uma casa antiga bacana com obras de arte da coleção pessoal de uma família bem rica eu acho que vale.

Flatiron Building, Empire State, Chrysler Building... Todos prédios pra dar uma olhada, tirar uma foto... Parece cenário de filme. Fica perto da Macy's, dá pra fazer tudo meio junto.

Biblioteca e Bryant Park dá pra fazer junto com Times Square. No Bryant Park, se o tempo estiver bom, vale tomar um café, sentar num banquinho... No verão tem festival de cinema ao ar livre - esquecemos, nhé!

China Town e Little Italy - não acho muita graça não... Mas cada um sabe o tempo que tem rss...

Highline e Chelsea Market - recomendo fazer no mesmo dia. Na rua 23 tem uma saída pro mercado. O site do Highline é ótimo porque mostra os acessos, e eu peguei essa imagem de lá. É legal ir com tempo pra andar, parar em um dos locais específicos pra isso (tipo umas arquibancadas descoladas),  ver os grafites pelas paredes, ficar imaginando a antiga linha de trem... Já no Chelsea Mkt dá pra matar uma fominha com um sorvete ou numa padaria ou uma super fome em outros restaurantes que tem lá. Dica de restaurante mesmo tá no outro post de NYC.

Rooftop do Metropolitan - como estava calor a gente não quis ficar se enfiando em museus gigantes, mas eu já queria muito ir nesse rooftop, tem uma vista legal e não é nada claustrofóbico rss... Como é perto do Central Park já dá pra ir no mesmo dia.

Estátua da Liberdade - o passeio engloba Statue of Liberty (que dizem que é muito legal por dentro - estava muita fila e não fomos, mas também no sabíamos que era tão legal assim), e tem também a Ellis Island onde tem um museu da imigração. É muito legal. Já que o ticket dá direito a esse passeio também eu recomendo. Aí, como fica no sul da ilha, já dá pra se programar pra fazer o Financial District, Soho... Não fomos ao novo WTC que agora tem o observatório, mas dizem que é muito animal.

Brooklyn - adoramos! Fomos de metrô para Williamsburg e ficamos andando pra cima e pra baixo. É mais vazio, mais descolado, mais sussa no geral. Almoçamos por lá e depois tomamos um drink no bar do Whyte Hotel (abre 17h se não me engano) lá tem uma puta vista de manhattan. De lá pegamos um táxi até a ponte de Brooklyn - é longe pra ir andando - Esse horário o sol estava mais fraco, pouco antes de se por, e ficamos admirando a vista, tomamos uma limonada, vimos as pessoas fazendo esportes, as crianças andando de bicicleta... Foi muito legal! E aí voltamos andando pela ponte. Parece um filme. É muito legal!

Bom, acho que é isso! =)

Aplicativos

TKTS: pra ver os ingressos da Broadway
NYC Subway - na real depois que entende o mapa nem precisa muito

Outros posts de NYC:

Nova York foi assim... As dicas!
Nova York foi assim... Pré Viagem
Um milhão de idas e vindas no metrô de NYC
Nova York foi assim... Dia a dia pra não esquecer

Nenhum comentário:

Postar um comentário