Marcadores

Da Gabi (160) Dos queridos (54) Amor (46) Por aí (35) Dicas (28) Família (28) Comidas (18) Viagem (16) Chatices (15) Esportes (13) Trabalho (12) Livros (9) Música (9) Crianças (5) Filmes (2) Moda (2) Sampa (2) PequenasFelicidades (1)

Instagram

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Odeio paninho!

Acho que tem algumas coisas que eu detesto na vida, e essas coisas vira e mexe estão na minha vida mas as vezes eu nem percebo a raiva que eu tenho delas até que elas ficam surgindo na minha frente...

Nesse fim de semana tivemos que fazer uma faxina em casa. O Re e eu ficamos sem nossa ajudante do lar, e não há outro remédio: limpar tudo! Nos dividimos e cada um foi pra um cômodo do nosso enorme apartamento de 70 metros quadrados. Impressionante como numa faxina a suíte vira master, o box triplica de tamanho... Enfim, é uma ginástica! O corpo dói mais do que quando mudo o treino de musculação.

Faxina terminada o que sobram? Os panos! Aí eu percebi que não é que eu detesto fazer faxina, nem que detesto arrastar os móveis... Eu odeio mesmo os panos de limpeza... Esses que aprendi com a minha mãe que temos que lavar a mão, e que eles devem ficar bem limpinhos pra próxima faxina, mas tipo assim, como um pano que limpa tudo pode voltar a ser branquinho depois de encarar tanta sujeira? Como pode uma pessoa ter forças pra esfregar o pano de chão depois de ter limpado a casa??? Ai que tortura...

Mas pior que o pano de chão da faxina é o paninho da pia... Sabe aquele paninho que as avós adoram deixar na pia? Pra apoiar uma panela na hora de lavar e não amassar tudo... Ou pra não estragar a pia de pedra (!!) Aquele paninho que vai ficando molhadinho, molhado, encharcado... Ai vai secando e alguém abre a torneira e ele fica molhadinho, molhado, encharcado... E aí você vai lavar a louça pra ajudar a vovó e o que encontra depois que as louças acabam? Aquele paninho... Encharcado... no cantinho da pia... Que vontade de jogar tudo no lixo... - lixinho da pia que eu também detesto - Resumo, eu tenho raiva de muitas coisas, mas odeio o paninho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário