Marcadores

Da Gabi (161) Dos queridos (54) Amor (47) Por aí (35) Dicas (28) Família (28) Comidas (18) Viagem (16) Chatices (15) Esportes (13) Trabalho (12) Livros (9) Música (9) Crianças (5) Sampa (3) Filmes (2) Moda (2) PequenasFelicidades (1)

Instagram

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Obrigada Bezerra de Menezes

Tentando reproduzir o que ouvi há poucos minutos na Seara Bendita na palestra do C. O palestrante falava sobre Bezerra de Menezes, foi aniversário dele ontem, e entre alguns pedaços da vida dele o palestrante contou que em algum momento o Bezerra de Menezes recebeu um convite de Maria para mudar de plano espiritual, evoluir. Bezerra de Menezes, ficou feliz! Pensou nossa, que legal ir pra um plano mais elevado, onde não há guerras, não há tantas brigas, terei um mundo melhor. Parou... Refletiu... E pediu pra agradecer Maria. Ele disse que ainda tinha muita coisa pra fazer nesse plano, e que afinal, como poderia ir para outro plano e deixar seus entes queridos pra trás....

Obrigada Bezerra de Menezes! Obrigada por "alguém" me entender.

Me colocando em comparação com ele, que eu sei, eu sei, que é um exagero.... Há um abismo entre ele e eu, mas ok, sou um espírito também... Fiquei mais calma quando ouvi essa história do palestrante porque me identifiquei demais. Sei que tenho que andar pra frente, viver minha vida, mas, MAS - bem grande - eu não consigo ser 100% feliz sabendo que meu avô, que é um pedaço de mim, sofre. Simples assim. Nem sei se ele sofre mesmo, porque nunca sei se é consciente ou não o que ele está vivendo. Se não for talvez ele não sofra. Improvável. E aí eu sofro e ponto final. Sofro junto, e sofro separado imaginando o sofrimento. Parece um dramalhão, né?! Então sou dramalhona e F...

Outro dia numa das minhas choradeiras eu simplesmente percebi que eu não podia fugir do que eu sinto e o que eu sinto dói. E assim vou indo, sentindo e talvez me acostumando, devargarzinho, a sentir o que tá acontecendo aqui dentro.

Um comentário:

  1. Nós todos estamos sofrendo muito com essa situação. Amar também dói, e dói muito, ainda mais quando nos sentimos impotentes diante do que está acontecendo.
    Eu te entendo filha. Beijo.

    ResponderExcluir