Marcadores

Da Gabi (160) Dos queridos (54) Amor (46) Por aí (35) Dicas (28) Família (28) Comidas (18) Viagem (16) Chatices (15) Esportes (13) Trabalho (12) Livros (9) Música (9) Crianças (5) Filmes (2) Moda (2) Sampa (2) PequenasFelicidades (1)

Instagram

terça-feira, 29 de maio de 2012

Era uma vez um banheiro bronzeado....


Meu primeiro post: "Eu que fiz", emocionante, rs rs. Esses não valem pra comida, né, senão dá impressão que eu pego um livro de receita e copio aqui... Que graça teria?!



No meu estado de férias em cárcere privado (sim, eu adoro um exagero), bem, nas minhas férias sem viagens, e em tempos de reforma e economia tenho olhado muitos blogs pra tentar ter uma idéia maravilhooooosa de achar alguma coisa bobinha que se transforme numa coisa muito legal. Sempre curti trabalhos manuais, e já tinha uma coisa com esse banheiro aqui de casa (que nem é o meu por sinal)... Aí, juntou a fome com a vontade de comer...

O banheiro social (não é suíte), que o Fê que usa tem essa cara há uns 20 anos, afeeee, super precisava de uma diferença, a madeira já estava meio mal tratada.... Ai lá fui eu pro Telha Norte onde comprei meus instrumentos de trabalho: lixa, rolinho, tinta branca (não usei nem metade da latinha) e verniz em spray.


Peguei minhas luvas - não vivo sem elas - e bora pra minha jornada... Primeiro forrei tudo com jornal e lixei todo o armário e ele ficou com essa cara aí... tomei um olé desses puxadores que nem conto, olha que usei até alicate, esse vermelhinho aí cima pra tentar tirar, mas foi em vão, alicate, chave de fenda, chave inglesa, sei lá como chama, mas peguei todas as ferramentas, e nada... Tanto é que esses ficaram aí, até passei a tinta por cima desse do cesto de roupas que já estava meio quebradinho...


Depois pano úmido pra tirar o pó, e passei 3 demãos de tinta. Na real, no primeiro dia foi só uma demão, porque precisa de 4 a 5 horas entre uma e outra. Juro que eu achei que o meu braço ia cair. Também tive um trabalho do cão com essa treliça (deus, como escreve isso???), bom esse xadrez aí, e tive que achar um pincel lá no quartinho da bagunça pra ficar legal nos cantinhos. Nessas horas você pensa que o valor que o pintor cobra realmente faz sentido. É muito mala ter que prestar atenção nesses cantinhos.

Depois da terceira demão tem que esperar muito também pra finalizar (na latinha explica tudo). Enfim, chegou a hora do verniz. Três camadas com intervalos de 3 a 5 minutos [Quase me intoxiquei, forte esse tal de spray viu, não sei como esses caras que ficam pichando a cidade não morrem....] Gostei muito mais do spray, odeio ficar esperando pra ver o negócio pronto.

E aí ele ficou assim, branquinhoooo. Agora to achando o banheiro meio branco demais... Já to querendo uns adesivos pros azulejos, acho que ficaria legal, hein?!




Nenhum comentário:

Postar um comentário