Marcadores

Da Gabi (160) Dos queridos (54) Amor (46) Por aí (35) Dicas (28) Família (28) Comidas (18) Viagem (16) Chatices (15) Esportes (13) Trabalho (12) Livros (9) Música (9) Crianças (5) Filmes (2) Moda (2) Sampa (2) PequenasFelicidades (1)

Instagram

sábado, 31 de março de 2012

"Creio que você não toleraria um eterno sorriso no seu rosto"

A Cris me mandou esse texto... Muito simples e muito profundo, como a maioria das idéias que nos fazem pensar. Sempre fico com uma pulga atrás da orelha quando alguém diz que tem a vida perfeita, e que "estou vivendo a melhor fase da minha vida", tudo é perfeito, tudo é lindo. NÃO existe isso pra mim. Não existe o ideal, porque o ideal não acontece. Talvez esteja influenciada pela última palestra que vi do Niestzche. Enfim, chega de enrolar... A verdade de novo é que a vida é feita de pequenas felicidades.


"Perguntei a árvore: o que sabe sobre felicidade? Quantas flores precisa para sentir se satisfeita? Nenhuma, respondeu, sou afortunada com a vida, as flores são como risos efêmeros que duram pouco. Nenhuma de nós suportaria flores o tempo todo e creio que, da mesma forma, você não toleraria um eterno sorriso no seu rosto. Sim, mas o que lhe proporciona a fortuna espirituosa a que se refere, perguntei. Ver nascer o sol e sentir como seus raios penetram dentro de mim dando-me energia e motivando minhas folhas a multiplicar se, replicou. E mais, quando ele cede lugar as chuvas, minhas células se alimentam de uma seiva que embebeda de bem-estar, não apenas aquilo que aparento, mas também o que sou de verdade. Não se é uma árvore unicamente por dar flores ou sombra ou qualquer outro beneficio que você possa imaginar. Nós, as árvores, somos árvores porque não tememos à vida e mesmo crescendo aparentemente ao acaso, temos nossas ilusões em forma de sementes e nossas raízes escondidas que almificam os troncos e as verdes copas que você vê."



Nenhum comentário:

Postar um comentário