Marcadores

Da Gabi (161) Dos queridos (54) Amor (47) Por aí (35) Dicas (28) Família (28) Comidas (18) Viagem (16) Chatices (15) Esportes (13) Trabalho (12) Livros (9) Música (9) Crianças (5) Sampa (3) Filmes (2) Moda (2) PequenasFelicidades (1)

Instagram

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Resposta da Carine ao meu post, que vale mais um post....

Bi, sem dúvida Deus te abençoou com um dos melhores pais que Ele poderia te dar. Aquela coisa que não importa a quantidade de tempo que ele esteve ao seu lado, mas sim, a qualidade!
Ele tb foi meu pai. Com ele fui à primeira pizzaria, ao primeiro banho de mar. Com ele aprendi a importância de trabalhar, de estudar de ter ao seu lado um homem de verdade (ele botava defeito em todos meus namorados, pq não achavam que estavam à minha altura, e como sempre tinha razão! )...
O Titio foi o homem mais incrível que eu conheci. Doido né? Nunca posso esquecer do "eliane, bora... Beijo"... E qdo víamos estava dentro do carro, a titia saindo pela casa, catando filho, brinquedo roupa e ele já buzinando chamando... Ou qdo ele perdia a chave(sempre!). Ou trancava dentro do carro(sempre tb). Mas a doidera pra mim sempre foi normal né? Veja minha mãe heheh! (aliás, como se parecem!!!).... A maluquice de encher nosso saco pra não engordar... Mas ao mesmo tempo no levando na santa marcelina e mandando escolher o doce que quiséssemos...
Dos dias que enchia as mãos de notas de um real (ou algo relativo a isso na epoca) gritando "a lá silvio santos" quem quer dinheiro!!! E a gente correndo pra pegar as notas. De quando ele me dava a cartelinha de ticket restaurante pra que eu pudesse almoçar melhor no trabalho, já que o meu era ridículo e um dele era suficiente pra eu almoçar quase uma semana....
Sei lá, é tanta lembrança boa. Só uma triste - a sua partida assim, sem despedida, sem beijo de tchau, sem um abraço. Mas, eu sei. Ele tá presente sempre. Nas melhores lembranças. Na melhor e maior referência. E como sei que nossa ligação espiritual é imensa, um dia nossas almas se reencontraram e aí eu vou lembrar que não houve despedida pq essa vida terrena aqui é só uma passagem e que o máximo que podemos falar é "até breve"...
Amo vc, vc sabe muito bem. E sim, vc tá cada vez mais nilsinho. Espero que não comece a ficar doidinha igual ele. heheheh! Beijos...
(como tava difícil de entrar via comentário, vms ver se aqui entra!!)
Por Carine Tebar Zago

Nenhum comentário:

Postar um comentário